Quando é o momento ideal de investir em um imóvel?

3 de fevereiro de 2017

Todo e qualquer investimento requer planejamento financeiro, poupança, etc. Além disso, requer uma decisão. Quando se trata de investir na compra de um imóvel, não poderia ser diferente. A pergunta mais frequente é esta: qual o momento ideal? Continue lendo este post. Ao final, você saberá responder a si mesmo se já é hora de comprar aquele apartamento dos sonhos!

Contenha as emoções!

Adquirir um imóvel e sair do aluguel é um dos maiores desejos de qualquer pessoa. Contudo, este investimento não deve ser uma decisão puramente emocional. É preciso avaliar a economia nacional, o seu momento profissional, quais são suas perspectivas de incremento na renda para os próximos meses – incluindo o período em que passará pagando o financiamento – e também as perspectivas de valorização do imóvel que pretende comprar. Se todos estes pontos estiverem devidamente orquestrados em sua vida, você está no momento ideal para a aquisição de um imóvel.

Observe o seu momento de vida com autocrítica

Outro ponto que não pode deixar de ser observado ao se iniciar um planejamento de compra de imóvel é o momento em que se está vivendo. Se há a perspectiva de um casamento ou do aumento da família – chegada do primeiro filho ou de mais um filho, por exemplo -, há forte indícios de que é hora de pensar na aquisição do apartamento próprio.

Junte esta auto observação em relação a sua vida com um olhar criterioso para as suas finanças. Há outros custos fixos elevados ou você não tem mais nenhuma dívida significativa? Se você se enquadrar na segunda opção, vá em frente: compre seu imóvel.

Não se assuste com as más notícias em relação à economia do país.

As recentes notícias da área econômica brasileira tendem a levar a opinião pública ao desespero ao focarem na estabilidade econômica do Brasil, especialmente quando o assunto é a taxa de desempregos e o aumento da inflação.

O economista Luis Carlos Ewald acredita numa melhora tímida do mercado imobiliário este ano, com recuperação total em 2018. É preciso uma queda da inflação e consequente queda na taxa básica de juros no país. (fonte: InfoMoney)

Nesta lógica, quando a economia do país voltar a crescer, quem adquiriu imóveis neste momento de baixo crescimento econômico terá valorização de seu investimento.

Você está pensando em adquirir um imóvel? Faça contato conosco e veja como podemos ajudá-lo! 

Ir ao topo